Violão x Viola

Olá, tudo bem? Estou de volta!

No outro texto nós conversamos um pouco sobre a história do violão, como ele surgiu, mas hoje vamos falar um pouco sobre o violão aqui no Brasil e também a viola, que por muito tempo foi confundida com violão por aqui.

Na verdade o primeiro instrumento que chegou por aqui foi uma viola de 5 cordas duplas ou 10 cordas e que foi trazida pelos portugueses para catequisar os índios.

A primeira vez que um violão apareceu aqui no Brasil foi em meados do século XVII, na cidade de São Paulo, e era vendido por preços exorbitantes.

A confusão entre viola e violão começou em meados do século XIX, quando a viola passou a ser afinada como o violão, e inclusive alguns autores, como Manuel Antonio de Almeida (escritor de Memórias de um Sargento de Milícias), usa denominação de viola para os violões, o que só colaborou para toda a confusão.

Para acabar com toda essa confusão de Viola e violão, a viola passou a ser chamada de viola caipira, já que é mais conhecida e tocada no interior, e o violão pode enfim ser reconhecido como violão.

É importante lembrar que aqui no Brasil, o violão ficou conhecido durante muito tempo como coisa de boêmios e pessoas que não faziam nada além de ficar o dia todo tocando. Agora que essa história parece estar mudando, mas em alguns lugares o violão ainda é mal visto.

Vocês já sabiam de toda essa confusão de violão/viola aqui no Brasil?